Mariana Carvalho comemora produção de vacina 100% brasileira contra a Covid

Deputada Mariana foi a relatora da lei que garantiu a transferência de tecnologia ao Brasil para produção da vacina nacional

A deputada Mariana Carvalho comemorou a produção, pela Fiocruz, da primeira vacina totalmente produzida no Brasil contra a Covid-19. A parlamentar lembrou que trabalhou no sentido de garantir que o Brasil realizasse a produção do imunizante. Ela foi a relatora da lei que autorizou a transferência de tecnologia da AstraZeneca ao País, necessária para a produção totalmente nacional.

Nas redes sociais, a deputada postou uma foto de sua visita ao Instituto Bio Manguinhos, da Fiocruz no Rio de Janeiro, onde são produzidas as vacinas.

“Não é dia de Tbt mas a foto é da minha primeira visita aos laboratórios da Fiocruz, onde estava começando o processo de fabricação da vacina da AstraZeneca contra a Covid-19, em julho de 2020. Naquele momento, o IFA, que é o Ingrediente Farmacêutico Ativo, seria importado e as demais etapas de fabricação realizadas no Instituto Bio-Manguinhos, da Fiocruz no Rio de Janeiro. Agora, o IFA já é produzido no Brasil”, escreveu.

A deputada fez ainda menção à aplicação das primeiras doses produzidas com o IFA nacional pelo ministro da Saúde, Dr. Marcelo Queiroga, em moradores de Brasília, nesta terça-feira (22).

“Isso está sendo possível graças a um trabalho que realizamos lá atrás e do qual me orgulho e me sinto muito honrada de ter feito parte. Quando o Congresso aprovou a lei que garantiu a compra das primeiras 100 milhões de doses de vacina em nosso país, ela já previa a transferência de tecnologia para que o IFA pudesse ser fabricado no Brasil, garantindo a autossuficiência do nosso país na produção do imunizante contra a Covid. Fui a relatora dessa lei e trabalhei por sua aprovação”, destacou.

Agora, conforme ressaltou a deputada, além de produzir as próprias vacinas sem precisar comprar ingredientes de outros países, em breve, o Brasil terá condições de exportar os imunizantes e ajudar a aumentar a produção mundial.

Posts Recentes